Isso é mais do que uma retrospectiva

Enquanto o ano novo não chega, vamos dar uma conferida no que rolou em 2019 na Galeria? Aviso: isso é mais do que uma retrospectiva :)


Começamos o ano de 2019 em reforma (normal pra gente, né?). No início de 2019 a Galeria ganhou um outro espaço físico, além da própria Galeria, para trabalharmos no planejamento das exposições, eventos e projetos. Denominamos essa nova sala como Laboratório de Produção Cultural. Esse nome não é novo, foi pensando em 2014, junto com a criação da Galeria, e fazia parte um projeto, porém, com dificuldades da época, não foi mantido. Dá uma olhada na produção do nosso Lab. de Produção Cultural e como ele ficou maravilhoso:


Entre uma reforma e outra, selecionamos pessoas de almas lindas e com vontade de colocar a mão na massa com a gente pra constituir a nossa equipe de 2019. Além das exposições e eventos que fizemos ao longo do ano, foram aniversários comemorados, festinhas com muita comida e música, encontros cheios de felicidade e loucura, gente entrando, gente saindo, gente nos ajudando de longe, muita produção e chimarrão. Confere aí alguns cliques dessa equipe incrível e doida:


Foram cinco exposições na Galeria Experimental e quinze artistas envolvidos: Redesenhando Alvorada, Pablito Aguiar; MRCZ Tropicális, Dadaísmo e Expressão, Marcos Coelho; O Percurso da Linha, Silvia Rodrigues; segunda versão da exposição coletiva SoulArtista, Carolina Kowalski, Caroline Quaiato, Filipe Siqueira (SIK), Giovana Bombardelli, Gustavo Cardoso, Kauê Leal, Lucas Clavel, Maria Victória Roque, Miguel Melo, Samuel Wolf, Tuanne Gularte, Vinícius Romagna; e intervenção Nadismo. Teve duas exposições que foram além do espaço da Galeria: Histeria, realizada durante o VI Congresso Latino-Americano de Gênero e Religião da Faculdades EST, em São Leopoldo; e Literatura em Cordel, parceria com a prof. Débora Abreu do IFSul Sapucaia, realizada no corredor da Sala de Eventos do IF. Realizamos quatro eventos: Puxa Papo com Pablito; Cine Nadismo; Puxa Papo com Silvia Rodrigues; e IV Encontro de Arte, Cultura e Cidadania, onde reunimos mais de 70 artistas de 10 a 28 anos de idade expondo suas artes em uma exposição coletiva no Laboratório do Curso Técnico em Eventos.



Isso é o que temos registrado e o que podemos quantificar. Além disso, tivemos encontros, reencontros, conexões, olho a olho, abraços, afeto, luta, resistência, parceria, colaboração, empatia, amor. Pintamos, manchamos roupas de tinta, trabalhamos em sábados, dançamos, organizamos - e bagunçamos, ocupamos e conquistamos espaço, criamos projetos, eventos, exposições, envolvemos jovens, terceirizadas/es, servidoras/es e a comunidade, recebemos visitas de escolas estaduais e municipais, aparecemos na rádio, no jornal e na TV (é verdade esse bilhete), criamos esse site, costuramos, fomos em ferros velhos, prestigiamos eventos e espaços culturais, tivemos ideias incríveis - e outras nem tanto (porém engraçadas), engajamos pessoas, amor, arte e cultura.


Foram muitos post-its, croquis, listas, revisões no calendário, corridas para abrir na data e fotos (várias fotos!). Foi, e é, muito amor, alegria, impacto, cultura, arte, vontade de transformar.


Sim, isso é mais que uma retrospectiva. É sobre abraçar uma causa, e lutar. É sobre fazer tudo isso com pessoas que querem um mundo melhor. É sobre acreditar e colocar a mão na massa. É sobre fazer.


Para todas e todos que participaram com a gente nesse ano, nesse projeto, nessas exposições e eventos: OBRIGADO!


Pode vir, 2020 :)

67 visualizações