De sala de aula à Galeria Experimental

Uma sala de aula que passou por (re)configurações, (re)significações e (des)construções e virou espaço de arte. Conheça nossa história!

exposição O Quadrado, 2015

A transformação de uma sala de aula em um espaço específico para exposições artísticas aconteceu em 2013, quando ainda não levava o nome Galeria Experimental, e sim, Sala Multimeios. A primeira exposição realizada no espaço foi De Varejão à Monet. Ela foi constituída por fotos da primeira saída de campo para Minas Gerais/Rio de Janeiro do Técnico Integrado em Gestão Cultural, realizada em 2012 com as turmas 4M e 4L.


A Galeria tem a capacidade de enxergar algo que as pessoas não estão vendo. Bianca Ruskowski

primeira turma de Gestão Cultural a realizar a Saída de Campos para Minas Gerais/Rio de Janeiro

A saída de campo para Minas/Rio foi realizada e continua acontecendo até hoje com a coordenação do professor Guilherme Reichwald e das professoras Bianca Ruskowski e Stefanie Moreira, idealizadores, juntamente com a turma de Gestão Cultural, do espaço da Sala Multimeios, atual Galeria Experimental.



exposição De Varejão à Monet, 2013

Sem dúvidas, tanto a saída de campo para Minas/Rio quanto as turmas de Gestão Cultural foram fortes influências para a criação desse espaço. Após De Varejão à Monet, aconteceu a exposição Aquarela em Si Bemol, em julho de 2013, do artista David Garcia Neto, também professor do IFSul Câmpus Sapucaia do Sul na época. Ainda em 2013 o espaço recebeu mais duas exposições com os trabalhos dos(as) estudantes do último ano de Gestão Cultural, sobre a significação e vivência de arte, dentro da disciplina de Inglês da professora Stefanie Moreira.


Já em 2014, o espaço reabriu suas portas já com o nome Galeria Experimental. A primeira exposição de 2014 foi a intervenção Pra você, o que é arte? da equipe de produção da Galeria, formada pelas professoras e gestoras do espaço Bianca, Stefanie e estudantes de Gestão Cultural, Luíza Ferraz, Leonardo Dewes e Dener Sales.


É inovador essa ideia nossa de transformar uma sala de aula em uma galeria de arte, né. A ideia de que a escola tem esse papel, também, para a comunidade, que não é só um espaço escolar, para fazer ela entender que a escola, principalmente o IFSul, é pública e tem lá dentro um aparelho cultural que é para a comunidade. Stefanie Moreira

Tendo uma rica gama de possibilidades de exposições artísticas definidas, decidimos abrir a Galeria para exposições regulares, mesmo com as dificuldades de adequação do espaço que tivemos que enfrentar até que a reforma fosse executada. Neste sentido, nós, da Galeria Experimental, estamos trabalhando, desde a ocupação da sala, quando ainda era Sala Multimeios, em 2013, na estruturação e viabilização de uma programação cultural. Hoje a Galeria possui em seus registros mais de 25 exposições, fora eventos e projetos realizados pela equipe de produção do espaço.


E, por último, deixamos uma fala da Stefanie dada, como as outras falas acima também, para um trabalho de empreendedorismo da estudante de Jornalismo na Unisinos e integrante da equipe da Galeria Lisandra Steffen.


gestoras da Galeria Experimental Bianca Ruskowski e Stefanie Moreira. Foto: Lisandra Steffen
Se tu tem uma ideia legal, um projeto legal: faz! O mundo precisa de gente fazendo. E vem pra Galeria também!

E tu, já conhece a Galeria? Quer saber mais? Acesse aqui e saiba mais informações sobre a história da Galeria. E não esquece de nos visitar, viu?

60 visualizações